768 510

O último dia do Festival Rec-Beat vai trazer ao Cais da Alfândega frevo, rock, hip-hop e muito mais. O DJ inglês  Worm Disco Club vai agitar os foliões logo no início da festa, depois vem Romero Ferro e seu espetáculo Frevália. Em seguida é a vez de Rimas & Melodias subir ao palco do Rec-Beat.  

Black Devil Disco Club traz o som dos anos 70 para a terra do frevo, seguindo de Otto e seu “Ottomatopeia” e finalizando o festival de 2018, o tremendão Erasmo Carlos. A 23ª edição do Festival Rec-Beat acontece durante os quatro dias no Carnaval do Recife/PE, e vai até amanhã, 13 de fevereiro.

A programação gratuita e variada traz nomes nacionais e internacionais que sobem no tradicional palco montado, ar livre, no Cais da Alfândega, local histórico da cidade

E quem quiser assistir ao vivo o festival pode conferir pela rádio Frei Caneca FM fará a transmissão pelo 101.5 FM. Os ouvintes de qualquer outra localidade também podem acompanhar pelo site http://www.freicanecafm.org/ ou pelo aplicativo TuneIn. O canal no YouTube também transmitirá o evento ao vivo neste link: https://www.youtube.com/watch?v=JdAiDxkEiC0

Confira a programação do Rec-Beat

19h30 – Worm Disco Club (Inglaterra)

20h00 – Frevália (PE)

21h00 – Rimas & Melodias (SP)

22h00 – Black Devil Disco Club (Live) (França)

23h10 – Otto (PE)

00h30 – Erasmo Carlos (RJ)

Pe no Carnaval 2018-02-13 09:00:25 Safari Studio Safari Studio
Tags:

768 510

O penúltimo dia do Festival Rec-Beat vai ferver o Cais da Alfândega com muita música boa. DJ alemão Grace Kelly abre o festival, seguindo com o regionalismo de João do Pife e Banda Dois Irmãos. Depois é a vez de Carne Doce, o trio argentino Fémina, Xenia França e Johnny Hooker. A 23ª edição do Festival Rec-Beat acontece durante os quatro dias no Carnaval do Recife/PE, e vai até amanhã, 13 de fevereiro. A programação gratuita e variada traz nomes nacionais e internacionais que sobem no tradicional palco montado, ar livre, no Cais da Alfândega, local histórico da cidade.

*Crédito imagem: Diego Ciarlariello

Programação Festival Rec-Beat

19h30 – DJ Grace Kelly (Brasil/Alemanha)

20h00 – João do Pife e Banda Dois Irmãos (PE)

21h00 – Carne Doce (GO)

22h00 – Fémina (Argentina)

23h10 – Xenia França (BA)

00h30 – Johnny Hooker (PE)

Pe no Carnaval 2018-02-12 19:18:38 Safari Studio Safari Studio
Tags:

768 510

Dando continuidade ao festejos, o Rec-Beat traz atrações nacionais e internacionais, neste domingo, no Cais da Alfândega. A 23ª edição do Festival Rec-Beat iniciou ontem, e segue até terça-feira, dia 13 de fevereiro. Hoje, a festa se inicia com a atração internacional DJ Flavya (EUA), seguindo com Arrete (PE),  Lucas Estrela (PA), o espanhol Javier Diez-Ena (ESP), o rapper Don L (CE) e finalizando com a baiana Larissa Luz (BA). Os shows começam a partir das 19h30 da noite.

Você pode baixar o aplicativo especial do Festival Rec-Beat no seu celular,de celular, o PE no Carnaval, com versões IOS e Android.

Confira a line-up de hoje do Festival Rec-Beat:

 

19h30 – DJ Flavya (Estados Unidos)

20h00 – Arrete (PE)

21h00 – Lucas Estrela (PA)

22h00 – Javier Diez-Ena (Espanha)

23h10 – Don L (CE)

00h30 – Larissa Luz (BA)

*Crédito imagem: Alex Melo

Pe no Carnaval 2018-02-11 17:56:46 Safari Studio Safari Studio
Tags:

768 510

Confira aqui a Programação do Rec-Beat, o Festival propõe um show de diversidade sonora, com apresentações de Erasmo Carlos, Xenia França, Carne Doce, Johnny Hooker, MC Tocha, Otto e muito mais.

*Crédito Imagem: Kenza Said

O Rec-Beat chega a sua 23ª edição, e acontecerá nos dias 10 a 13 de fevereiro no histórico Cais da Alfândega, durante os quatro dias do Carnaval no Recife, capital pernambucana, com acesso gratuito.

São 24 atrações, distribuídas em quatro dias de festa, onde o espaço será palco para diversos lançamentos de discos e shows inéditos no Recife, como o caso do Rapper Don L, realiza seu primeiro show em Pernambuco.

 

Rimas e Melodias traz o Hip Hop para os palcos. Foto: Yago Perez.
Rimas e Melodias traz o Hip Hop para os palcos. Foto: Yago Perez.

O hip-hop também vem representado por Rimas & Melodias, grupo que reúne as minas da vanguarda do hip hop torno de cyphers (encontro de MCs em rimas conjuntas, como as rodas de freestyle) sobre a visibilidade das mulheres e cultura negra.

O Festival também reflete a crescente produção de artistas que trabalham com a memória ancestral, o futuro e a reinvenção da cultura afrodiaspórica, com as artistas baianas Xenia França, no qual lançará seu mais novo trabalho, o disco “Xenia”, no Rec-Beat.

Larissa Luz, traz seu show explosivo e performático que funde trap, rap, dubstep, rock, samba reggae e ijexá sob influência dos movimentos do afrofuturismo e afropunk.  Seu mais novo trabalho é álbum “Território Conquistado”, com dez faixas que homenageiam dez criadoras negras, como as cantoras Elza Soares e Nina Simone e a escritora Maria Carolina de Jesus, entre outras.

Lucas Estrela traz o suingue do Pará. Foto: Anderson Fattori.
Lucas Estrela traz o suingue do Pará. Foto: Anderson Fattori.

 

A música paraense está representada com o agito de Lucas Estrela, que promete fazer todo mundo dançar com as músicas de seu novo álbum “Farol”, que conta com participações de Felipe e Manoel Cordeiro. Combinando a guitarrada, carimbó e a lambada com elementos do pop eletrônico e influências do post-rock.

A nova cara do cenário musical brasileiro vem com a jovem Ana Muller, cantora-compositora que lançou seu primeiro EP, intitulado com o seu próprio nome, foi lançado pelo selo Garimpo, do grupo Brasileiríssimos, e revela a voz doce, interpretação intensa e sofisticação lírica.

O trio feminino Arrete apresenta o show do seu primeiro disco “Sempre com a Frota”, uma mistura do rap e ragga com tempero regional. Diomedes Chinaski e Luiz Lins, dois dos maiores nomes do novo rap do Nordeste, farão no festival um show conjunto inédito, acompanhado pelo DJ e beatmaker Mazili.

Pernambuco também estará presente no Festival Rec-Beat

 

A cultura tradicional pernambucana também estará presente nos palcos, com a apresentação das bandas de pífanos no interior de Pernambuco aos sons digitais do brega funk da capital do estado.

Novos nomes do cenário musical pernambucano vão marcar presença, como o cantor MC Tocha, o maior expoente do brega funk, movimento musical da periferia do Recife. Ele incorpora em suas músicas elementosue vão do novo funk paulistano ao ragga, passando pelo forró eletrônico e hip hop.

Johnny Hooker volta aos palcos do Rec-Beat para entoar as canções do seu novo álbum “Coração”. O disco marca a reinvenção artística do cantor ao flertar com
samba e afoxé em músicas solares sobre a força do amor para resistir aos períodos turbulentos da vida.

Outro ídolo local, Otto vem apresentar o “Ottomatopeia”, álbum influenciado por diferentes partes do mundo, desde o rock ao romantismo de Roberta Miranda e Reginaldo Rossi, passando ainda pela ancestralidade africana.

 

Romero Ferro apresenta Frevália com convidados. Foto: Lana Pinho
Romero Ferro apresenta Frevália com convidados. Foto: Lana Pinho

 

Romero Ferro traz seu espetáculo Frevália, com participação de Michelle Melo, Monique  Kessous e Natália Matos. Trilhando o caminho da música pop de sonoridade oitentista, o show traz uma releitura do frevo com repertório que engloba os novos e antigas canções do frevo.

Artistas internacionais na terra do frevo

O espanhol Javier Díez-Ena, mostra o show “Theremonial”, onde amplia de maneira inovadora as possibilidades do teremim, instrumento eletrônico russo da década de 1920.

Bernard Fevre apresenta o seu projeto Black Devil Disco Club. Nos anos 1970, ele iniciou seus experimentos com sintetizadores e música ambiente, e foi pioneiro ao criar uma versão eletrônica e cósmica da disco music no clássico cult “Black Devil Disco Club” (1978). O álbum abriu caminho para toda uma linhagem da música de pista francesa, décadas antes de medalhões como Daft Punk.

As argentinas do Fémina unem elementos de diferentes ritmos latinos, como cúmbia, candombe, rumba e bolero, com o groove do hip hop e funk.

DJ Ipek é um dos nomes mais respeitados do circuito internacional de música eletrônica. Do funk psicodélico turco à música folclórica dos Balcãs, passando pelo reggaeton e eletrônica do oriente médio, seu som tem um estilo próprio, que ela define como “Eklektik BerlinIstan” .

Para fechar o festival Rec-Beat 2018, o Tremendão Erasmo Carlos, vai trazer seu repertório, os clássicos da jovem guarda aliado ao seu mais novo trabalho “Gigante Gentil“.

Baixe o aplicativo oficial do Rec-Beat, o PE no Carnaval

O aplicativo oficial do Festival Rec-Beat é o PE no Carnaval. Lá você encontra informações sobre o festival, atrações e programação completa no seu celular. O Aplicativo é gratuito, com versões IOS e Android.

O ano de 2018 foi um ano importante para o Festival Rec-Beat, expandindo os seus horizontes para novas cidades, no período pré-carnavalesco. Estreou em Caruaru, no Agreste de Pernambuco e no Ceará, em Sobral e Fortaleza. O festival também realiza o Rec-Beat Apresenta, em duas novas edições, João Pessoa e Olinda.

Confira a programação da 23ª Rec-Beat 2018

  • Sábado, dia 10/02/18 

DJ Rafoso Seletor (PE) nos intervalos entre as bandas

19h30 – DJ Ipek (Alemanha/Turquia)

21h00 – Ana Muller (ES)

22h00 – Daniel Peixoto (CE)

23H10 – Diomedes Chinaski & Luiz Lins (PE)

00H30 – MC Tocha (PE)

 

  • Domingo, dia 11/02/18 

19h30 – DJ Flavya (Estados Unidos)

20h00 – Arrete (PE)

21h00 – Lucas Estrela (PA)

22h00 – Javier Diez-Ena (Espanha)

23h10 – Don L (CE)

00h30 – Larissa Luz (BA)

 

  • Segunda, dia 12/02/18 

19h30 – DJ Grace Kelly (Brasil/Alemanha)

20h00 – João do Pife e Banda Dois Irmãos (PE)

21h00 – Carne Doce (GO)

22h00 – Fémina (Argentina)

23h10 – Xenia França (BA)

00h30 – Johnny Hooker (PE)

 

  • Terça, dia 13/02/18 

19h30 – Worm Disco Club (Inglaterra)

20h00 – Frevália (PE)

21h00 – Rimas & Melodias (SP)

22h00 – Black Devil Disco Club (Live) (França)

23h10 – Otto (PE)

00h30 – Erasmo Carlos (RJ)

Pe no Carnaval 2018-02-05 17:24:24 Safari Studio Safari Studio
Tags:

768 510

O Rec-Beat 2018 apresenta mais uma atração para a festa que vai rolar de 10 a 13 de fevereiro, no Cais da Alfândega, o cearense Don L, que faz sua estreia em festivais e será também seu primeiro show em Pernambuco.

*Crédito imagem: Larissa Zaidan.

O Rapper é um dos maiores nomes do hip hop brasileiro, destacando-se nacionalmente como  membro do seminal grupo Costa a Costa, em 2007. No Rec-Beat ele lança o seu segundo álbum solo, “Roteiro Para Aïnouz vol. 3”, onde desfia suas rimas com visão ácida e niilista sobre a cultura brasileira e estabelece uma linguagem sonora única dentro do rap brasileiro. Descubra e confira o som do rapper:

Programação Rec-Beat 2018

A programação completa do festival será anunciada na próxima segunda-feira, dia 05 de fevereiro. Alguns nomes já foram confirmados como Carne Doce (Goiânia), Larissa Luz (Bahia), Ana Muller (Espirito Santo), Xênia França (Bahia), Fémina (Argentina) e Johnny Hooker (PE).

As novidades da programação do Festival Rec-Beat e do carnaval de Pernambuco, você pode conferir no aplicativo oficial PE no Carnaval, com versões IOS e Android, o aplicativo é gratuito.

A 23ª edição do Rec-Beat acontecerá de 10 a 13 de fevereiro de 2018, durante os quatro dias no Carnaval do Recife. A programação é gratuita e traz nomes nacionais e internacionais no já tradicional palco, ao ar livre.

A prévia do Festival será neste sábado, dia 03 de fevereiro, acontecem em Olinda, com o projeto Rec-Beat Apresenta, e em Caruaru pela primeira vez no Agreste Pernambucano.

Veja também:

Chocalho do Neno no Parador

Olinda Beer é neste domingo

Confira as atrações do Queirogada 2018

Prévias desta semana no Carnaval do Recife

Pe no Carnaval 2018-01-31 17:07:02 Safari Studio Safari Studio
Tags:

768 510

O Festival Rec-Beat anuncia mais uma atração imperdível para o espetáculo que acontece no Cais da Alfândega, no período carnavalesco de 10 a 13 de fevereiro.

*Crédito imagem: Ariel Martini

Johnny Hooker já esteve presente em uma participação histórica no Rec-Beat, agora vem apresentar o seu mais novo trabalho, intitulado “Coração”, gravado em 2017. O disco marca sua reinvenção artística misturando os ritmos do samba e afoxé em músicas que refletem a força do amor para resistir nos momentos mais turbulentos da vida.

Confira a nova canção do artista, com participação de Liniker:

23ª edição do Rec-Beat

A festa será de 10 a 13 de fevereiro de 2018, durante os quatro dias de folia do momo, no Carnaval do Recife. A programação é gratuita e livre para todos os públicos. No dia 03 de fevereiro, acontecem as prévias em Olinda e Caruaru.

Algumas bandas já foram confirmadas como Carne Doce (Goiânia), Larissa Luz (Bahia), Ana Muller (Espirito Santo), Xênia França (Bahia) e Fémina (Argentina). A programação completa será anunciada dia 05 de fevereiro.

O Rec-Beat 2018 tem o patrocínio da Prefeitura do Recife, Incentivo do
Funcultura e Governo do Estado de Pernambuco, apoio do Consulado da França
no Recife, Bureau Export, Institut Français, Embaixada da França no Brasil,
Ibermúsicas, Embaixada da Espanha, Consulado da Alemanha, Goethe-Institut e
CePE.

Se quiser saber de todas as novidades do Festival Rec-Beat, é só baixar o aplicativo oficial do evento, PE no Carnaval, com versões IOS e Android, o aplicativo é gratuito.

Pe no Carnaval 2018-01-29 19:30:00 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Dia 03 de fevereiro, o Rec-Beat realiza mais duas prévias do Festival, os
shows acontecem em Olinda com o Rec-Beat Apresenta, e, pela primeira vez em
Caruaru, no Agreste Pernambucano. Em ambas as cidades a programação é
gratuita e aberta ao público.

*Crédito da imagem: Ariel Martini.

O Centro Luiz Freire, em Olinda, recebe o projeto Rec-Beat Apresenta, mostrando novos nomes do cenário musical alternativo. O projeto já está no seu quinto ano, apresentando os novos nomes do cenário da música brasileira, e, pela segunda vez, em Olinda.

Desta vez, o Festival aposta no universo musical feminino, com as artistas Doralyce Gonzaga, 808 Crew, a junção Luísa & Os Alquimistas + Musa
Híbrida e a DJ Milena Cinismo.

Musa Híbrida (RS) une seu show com Luísa e os Alquimistas (RN). Musa Híbrida é um trio, se equilibra em um tripé orgânico e eletrônico, bandolim, com beats, sintetizadores, samples e outros efeitos tecnológicos. Já Luísa, com seus alquimistas, mistura cumbia, dubstep, ragga e tecnobrega em beats eletrônicos em português, inglês, espanhol e francês.

A compositora olindense Doralyce Gonzaga, radicada no Rio, faz do seu canto uma forma de resistência e reflexões, mostrará seu primeiro EP “Canto da Evolução”. O grupo de rap feminino 808 Crew usa sua música como instrumento de combate à violência de gênero. As letras versam sobre questões sociais a partir de uma perspectiva feminista. A discotecagem fica por conta da DJ Milena Cinismo, que traz em seu set músicas inspiradas e produzidas por artistas negra/os, do afrohouse, r&b, rap, hip- hop, kuduro e dancehall.

Festival Rec-Beat em Caruaru

Em Caruaru, o Rec-Beat leva para o agreste o que acontece com o tradicional palco do Recife. Lá, quem comandará a festa será Ifá, Rimas.INC, Arrete e Rasga Mortalha. Os shows serão na Estação Ferroviária, ao ar livre e gratuito.

Na abertura, nos intervalos das bandas e encerrando a noite, Rimas.INC traz a música pop eletrônica, junto com as outras sonoridades em suas constantes pesquisas.  O DJ faz parte da nova safra de DJs e Produtores da música grave brasileira. Já a banda Rasga Mortalha, mostra seu rock alternativo, temperado por ritmos nordestinos e brasileiros

Seguindo na line-up, o grupo feminino Arrete apresenta seu primeiro trabalho “Sempre com a Frota”, de hip hop, rap e ragga com tempero regional. A banda baiana Ifá traz o universo do afrobeat, dub, reggae, funk e também no Ijexá, dos blocos afro e afoxés baianos.

O Festival Rec-Beat continua mantendo sua essência, sempre expandindo suas
fronteiras e as experiências sonoras. Para saber de todas as novidades do Festival Rec-Beat, é só baixar o aplicativo oficial do evento, o PE no Carnaval, com versões IOS e Android, o aplicativo é gratuito.

Pe no Carnaval 2018-01-29 19:20:21 Safari Studio Safari Studio
Tags: