O cantor Ed Carlos, que a partir desse carnaval iniciou a comemoração de seus 30 anos de carreira, encerra o período de momo com chave de ouro, quando nesta quarta-feira de cinzas (14), será o grande homenageado do Bacalhau de Paratibe, bloco que promete não deixar ninguém parado ao som de nove trios elétricos.

Ainda nesta quarta, Ed Carlos participa do Blocalhau, a partir das 15h, no Recife Antigo, onde se junta com vários artistas locais para fazer uma grande festa pelas ruas do bairro.

Ed Carlos, Ed Verdade!


Recifense, Ed Carlos começou sua carreira em 1988, tendo como referência a primeira aparição pública a partir no evento Frevança, onde inclusive foi premiado.  Ao longo dos 30 anos já viajou pelo Brasil e o exterior com seus shows, a exemplo do Projeto Noites Pernambucanas, em Brasília, Brazilian Day Portugal, Festival de Jazz de Montreux, na Suíça e Carnaval das Culturas, em Berlim.

Nessas três décadas, com toda a sua vasta interpretação musical, Ed conquistou vários prêmios e reconhecimentos, entre eles, nos festivais Frevança, Canta Nordeste e Recifrevoé e a menção honrosa da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – ABRAJET. Além disso, Ed Carlos está no Guinness Brasileiro como o interprete que gravou e interpretou o maior número de frevos no país.

Pe no Carnaval 2018-02-14 11:25:50 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Maiara e Maraisa, a dupla sertaneja que vem fazendo um sucesso tremendo, estreou no Carnaval 2017 com o pé direito. As irmãs afirmaram que queriam aprender cada vez mais da cultura do estado, então foi ai que resolveram se apresentar com uma roupa do Galo da Madrugada. As cantoras receberam no camarim Guilherme Menezes, que esteve no Parador nesta última segunda-feira (27). Durante a apresentação, as irmãs  também homenagearam o frevo e até arriscaram uns passos na apresentação.

Maiara e Maraisa dançando Frevo. Créditos: Divulgação da Assessoria.
Créditos: Divulgação da Assessoria.
Pe no Carnaval 2017-03-01 13:10:40 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Romero Ferro, cantor e compositor, veio se destacando em diversos eventos neste Carnaval 2017, como na Queirogada, que em sua sexta edição homenageou o sambista Martinho da Vila.

Estreou no tradicional desfile do Galo da Madrugada, no Trio do Bernil e também foi convidado para tocar em Natal (RN), no mesmo palco que a Bandalafumenga.

E para finalizar a agenda com chave de ouro, o cantor , fará show de encerramento da festa momesca ao lado do Orquestão de Maestro Spok nesta terça-feira (28), no palco do Marco Zero, por volta das 0h30.

O artista apresenta show com músicas do disco Arsênico e do projeto Frevália, também estará em Olinda por volta das 20h30, no Polo Salgadinho.

Pe no Carnaval 2017-02-28 15:26:07 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Divulgando o seu primeiro disco, Arsênico, pelo Brasil, o cantor Romero Ferro fez estreia no maior e melhor bloco carnavalesco do mundo, o Galo da Madrugada. Ao longo do bloco, o cantor subiu no Trio do Benil e junto com ele entoou sucessos carnavalescos como Frevo Mulher, Anunciação e Morena Tropicana em homenagem a Alceu Valença, Voltei Recife, Sonífera Ilha, entre outras músicas.

Romero Ferro estreia no Galo da Madrugada. Créditos: Divulgação.
Romero Ferro estreia no Galo da Madrugada. Créditos: Divulgação.

Com a agenda lotada, além de ter se apresentando na última sexta-feira (24) em Natal (RN), Romero seguirá para Limoeiro, interior de Pernambuco, com show agendado para às 22h30, e, posteriormente, marcará presença no Polo Salgadinho, em Olinda; Praça do Arsenal, no Recife Antigo, e Bom Conselho(PE). O figurino ficou por conta de Carol Silveira, já a make ficou responsável pela Monique Caires.

 

 

 

Para conferir  a agenda de blocos e polos basta fazer o Download agora mesmo do aplicativo do PE NO CARNAVAL, com ele você poderá acompanhar toda a programação quando e a hora que quiser. Somos considerados o melhor e mais completo aplicativo de Pernambuco.  Disponível nas plataformas Android e IOS.

Pe no Carnaval 2017-02-25 21:56:20 Safari Studio Safari Studio
Tags:

A banda pernambucana Quinteto Violado, formada como o próprio nome já diz por cinco pessoas, que são eles:  Marcelo Melo (Violão e Voz),  Roberto Medeiros ( Percussão e Voz), Dudu Alves (Teclado) , Ciano Alves (Flauta) e  Sandro Lins (Baixo) anuncia sua agenda durante as festividades de momo. O grupo nasceu em 1971, na cidade de Recife, e é conhecido pela interpretação de músicas nordestinas.

Quinteto Violado anuncia agenda. Créditos: Divulgação/Assessoria.
Quinteto Violado anuncia agenda. Créditos: Divulgação/Assessoria.

 

O grupo apresenta o show com o título “Eu Disse Freeevo!” – homônimo do CD lançado, contendo 7 frevos autorais e 7 frevos de vários artistas de renome, com o título em alusão ao forte apelo de chamada pro Carnaval, e inclui no repertório, além de clássicos como ‘Oh! Bela’ e ‘Hino dos Batutas de São José’, músicas mais recentes e que fazem sucesso e até mesmo clássicos da MPB transformados em ritmos de carnaval.

 

o Quinteto Violado foi convidado pela Prefeitura de Olinda, compôs a letra, criou o arranjo e executou o jingle “Essa Alegria Tem História”, tema do Carnaval de Olinda 2017. Confira a letra:

 

ESSA ALEGRIA TEM HISTÓRIA (Dudu Alves e Roberto Medeiros)

Quando o clarim tocou
Olinda mandou me chamar
Eu vou cair na Ribeira
Até quarta-feira chegar
No sobe e desce ladeira
A Pitombeira a passar
Nos Quatro Cantos a pular
O Elefante a frevar
O Homem da Meia-Noite
Namora a Mulher do Dia
Minha cidade, meu orgulho
É Carnaval!
Vixe, Maria
Que coisa tão linda
Eu vou me arrumar
Frevo, folia e memória
Olinda, essa alegria tem história

 

Confira a agenda:

Sábado (25)
Galo da Madrugada – 10h
Praça do Arsenal 0h30

Domingo (26)
Bezerros – 16h
Lagoa do Araçá- 23h
Segunda (27)
Olinda/ Fortim -22h30
Terça (28)
Arcoverde – 18h
Bom Conselho – 22h

Pe no Carnaval 2017-02-24 20:43:04 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Estreando no Camarote Olinda, Gabriel Diniz conhecido como GD,  é atração confirmada na segunda-feira de Carnaval (27) no Camarote. No seu repertório traz mais músicas de forró, mas ele já anuncia que irá incluir hits do frevo e tiradinhas da manguetown e maracatu. Só deixará como surpresa quais canções escolhidas. O Cantor querido entre o público, disse está encantado pelo carnaval de Olinda e lá será uma das suas maiores apresentações da folia de momo.

 

 

 

Os ingressos podem ser adquiridos na Central Pe no Carnaval  ou no Mix ingressos, ou se preferir nas lojas físicas do PE no Carnaval, localizadas nos shoppings RioMar (Piso L1) e Plaza (Piso L4).

 

Leia mais detalhes do Camarote Olinda AQUI

Pe no Carnaval 2017-02-20 11:49:29 Safari Studio Safari Studio
Tags:

O Segundo do Brasil, apenas atrás de Wesley Safadão, o forrozeiro Jonas Esticado promete fazer um showzão no Galo da Madrugada, dia 25, no Camarote Galo Infinito, à convite de Henrique Gomes, Felipe Lucena e Eduardo Campello.

 

Jonas Esticado no Galo da Madrugada 2017. Créditos: Divulgação.
Jonas Esticado no Galo da Madrugada 2017. Créditos: Divulgação.

O artista já consagrado, faz em média 36 shows por mês, o único do gênero a apresentar-se em todas as regiões do Brasil, faz parte do casting do Villa Mix e ainda está com duas músicas no topo das paradas: Com Amor Não Se Brinca (parceria com Jorge da dupla Jorge & Mateus) e Corona.

 

O espaço além de ser moderno e amplo, oferece open bar (de uísque à água), café da manhã, varandão com vista privilegiada, fácil acesso, climatização, área cobertura e espaço gourmet.

 

Os ingressos podem ser adquiridos através da Central PE no Carnaval, Mix ingressos ou nas lojas físicas do PE no carnaval, localizadas nos shoppings Plaza (Piso L4) e RioMar (Piso L1).

Pe no Carnaval 2017-02-17 01:35:29 Safari Studio Safari Studio
Tags:

O Palco mais alternativo e mais disputado do Carnaval 2017 do Recife, o Rec-beat, anuncia mais uma edição e já com uma atração. O grupo instrumental Los Pirañas.

 
O grupo colombiano é formado pelo trio Pedro Ojeda (Bateria), Mario Galeano (Baixo) e Eblis Alvarez (Guitarra e computador). Los Pirañas mistura sons caribenhos e colombianos, trazendo referênvias tiradas do Jazz e do Rock como Cumbia, Champeta Criolla, o Vallenato, entre outros.

O Rec-beat acontece entre os dias 25 e 28 de fevereiro, no Cais da Alfândega, Recife Antigo.

 

Mais detalhes serão anunciados em breve.

Pe no Carnaval 2017-01-31 23:53:21 Safari Studio Safari Studio
Tags:

O pai dos bonecos gigantes de Olinda, o nosso querido mestre Silvio Romero Botelho de Almeida nasceu no dia 14 de maio de 1956, no bairro do Amparo, em Olinda. Desde cedo começou a trabalhar com esculturas em madeira, gesso e barro, tendo como influência os ceramistas de Caruaru, principalmente o Mestre Vitalino.

 

Silvio aprendeu diversas técnicas com o artesão Olindense Roque de Lima, que é mais conhecido como o Roque Fogueteiro. Ele aprendeu como é o processo de implantação de cabelo nos bonecos, fazer a massa da modelagem, misturar solventes e tintas, combinar cores, etc.

 

Deu inicio em projetos carnavalescos na década de 1970, confeccionando máscaras e alegorias. Em 1974, Silvio criou o seu primeiro boneco gigante “O menino da tarde” , onde é o filho do encontro entre o Homem da Meia-noite e A mulher do dia.

 

Cada vez mais com viagens e influencias, Silvio veio aperfeiçoando suas técnicas de criação dos bonecos, evoluindo da tradicional modelagem em barro para a modelagem direta em bloco de isopor, conseguindo leveza e versatilidade nos Gigantes.

 

Antes, os bonecos gigantes pesavam cerca de cinqüenta quilos. Hoje, o corpo é feito com fibra de vidro, chegando a medir três metros de altura e pesar de treze a quinze quilos.

f134c607a2b7081fab39fb266f02be32
Bonecos gigantes desfilam na terça-feira de Carnaval. Créditos: Sol Pulquerio/PE no Carnaval

Ele foi o idealizador do Encontro de Bonecos Gigantes de Olinda, cuja 26ª edição, aconteceu em 2013, reunindo bonecos dele e de outros artesãos, na  terça-feira de Carnaval,  em Olinda.

 

O primeiro Encontro dos Bonecos Gigantes de Olinda aconteceu num sábado de 1987. Fiz o encontro para brincar. Fechava a rua com os bonecos para pedir dinheiro as pessoas que passavam e, depois, tomar cerveja. A ideia ficou e vem acontecendo todos os anos. Em 1990, fizemos uma inovação com o casamento d’O Homem da Meia-Noite com A Mulher do Dia para legitimar os filhos O Menino do Dia e A Menina da Tarde”. (SILVIO, 2007).

 

Silvio, considerado o Pai dos Bonecos Gigantes de Olinda, possui mais de novecentos bonecos gigantes, e é o mais conhecido bonequeiro de Pernambuco, com reconhecimento nacional e internacional.

Pe no Carnaval 2017-01-20 11:48:33 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Maestro Lima Nazaré é o nome que conhecemos popularmente, seu nome mesmo é João Amaro de Lima, morador da zona da mata do estado de Pernambuco. Maestro Lima foi aluno da filarmônica Cônego Benigno Lira, onde também integrou grupos musicais como raça, vozes da terra entre outros.

 

Maestro Lima Nazaré conta a sua trajetória. Créditos: Welington Silva
Maestro Lima Nazaré conta a sua trajetória. Créditos: Welington Silva

O Maestro também  integrou a Banda de Música da Polícia Militar de Pernambuco, mediante aprovação em concurso público e conclusão do curso de Sargento Músico da aludida Corporação, em seguida foi reconhecido como Compositor e Intérprete pela União brasileira dos Compositores (UBC), Regente da Sociedade Musical revoltosa e Diretor de grupos musicais e orquestras de frevo.

 

Gravou frevos como O Cordão, Deixa de Tristeza, Pontas de pedra, Bloco melodia entre outros grandes sucessos que agregam a beleza do Carnaval de Pernambuco.

 

 

 

Pe no Carnaval 2016-10-28 09:49:35 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Nascido no dia 4 de fevereiro de 1943, José Michiles da Silva, mais conhecido como J. Michiles é um compositor pernambucano, responsável por diversos frevos que nos levam a loucura no Carnaval de Pernambuco.
Foi graduado em história pela Universidade Católica de Pernambuco, Michiles chegou a lecionar durante aproximadamente um ano em escolas de rede pública estadual e dez anos no Colégio Estadual Rodolfo Aureliano, em Olinda. Ainda em paralelo aos seus trabalhos como professor, fazia músicas que até hoje fazem sucesso.

J. Michiles é um dos homenageados do Galo 2017. Créditos: Julio Jacobina/ Divulgação
J. Michiles é um dos homenageados do Galo 2017. Créditos: Julio Jacobina/ Divulgação

Apesar de nunca haver estudado música, aprendeu a gostar de frevo ainda menino. Ouvia Capiba, José Menezes, Luís Bandeira e outros compositores famosos. No entanto, ele considera que a música sempre esteve no seu sangue.
Em 1991, Michiles decidiu se dedicar totalmente à música, ganhando mais espaço como um dos mais importantes compositores de frevo. Ao longo da sua carreira, ele tem mais de 50 sucessos gravados.
Entre seus intérpretes estão nomes como Dominguinhos, Fafá de Belém, Claudionor Germano, Amelinha, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho, e Alceu Valença, este, seu intérprete mais constante.

 
Teve sua primeira música gravada em 1962, chamada “ Você me maltratou”, interpretada por Victor Bacellar. Michiles assinou a composição como José da Silva e tem como parceiro o pernambucano Orlando Dias (José Adauto Michiles). Tio de J. Michiles, Orlando Dias era na época o maior vendedor de discos do Brasil. O Artista é o responsável por compôs diversos frevos conhecidíssimos e tocados até hoje, como Diabo Loiro, “Me segura senão eu caio” “Bom demais”, entre outros que todo pernambucano conhece.

 

Michiles nesse ano de 2017 será o homenageado do Galo Da Madrugada

“Ser homenageado pelo maior bloco de planeta é motivo de muito orgulho. É uma homenagem planetária por saber que o mundo inteiro estará ligado nesse galo gigante, que é conhecido universalmente. É uma satisfação enorme, estou muito honrado”,  nos conta J. Michiles com grande emoção.

 

Leia também Galo da Madrugada Divulga homenageados

Pe no Carnaval 2016-10-27 00:12:49 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Um dos homenageados do Carnaval do Recife de 2016, criador da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério, Francisco Amâncio da Silva,  é o seu nome de batismo e,  Maestro Forró é  como dizem por ai.

 

“Não quero ser pop, não quero ser frevo, não quero ser mangue, não quero ser novo, não quero ser velho. É tudo misturado ao mesmo tempo” Assim se define o nosso grande Maestro.

 

 

Filho mais novo da professora aposentada Maria da Penha e José Amâncio da Silva, mais conhecido como “Zé Amâncio do Coco”. O pianista e também maestro, Givanildo Amâncio, é o irmão do Maestro Forró. Pai  de Thaís, Mylena, Mayara e Júlia e a suas ‘crias’ não param por aí. Em 2002, o Maestro Forró criou na sua própria casa a Escola Comunitária de Música Zé Amâncio do Coco e assim nasceu a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH), que é como se fosse um filho para ele.
Nascido no dia 14 de outubro de 1974, no Recife, Francisco Amâncio da Silva, o irreverente Maestro Forró ganhou esse apelido de Forró, ganhou esse apelido quando ainda era aluno de música na Escola Dom Vital. Por ser extremamente talentoso, ele logo se tornou monitor e professor por diversos locais que passou. Forró começou a trabalhar aos 14 anos e começou a aprofundar os seus conhecimentos musicais no curso da Universidade Federal da Paraíba.

 

Francisco aAmâncio é o nosso Maestro Forró. Créditos: Acervo PE no Carnaval
Francisco Amâncio é o nosso Maestro Forró. Créditos: Acervo PE no Carnaval

 

Sobre a Orquestra: 

  

Em 2002, a Orquestra Popular nasceu do desejo do Maestro Forró de articular os músicos de sua comunidade despertando um interesse relacionados ao estudo  e, futuramente, mercadológico.  Com mais de seis meses de formação, a orquestra obteve parceria com um Bloco em Poesia, em troca de um show, foi viabilizada a capa de um CD demo, intitulado “Orquestra Popular da Bomba do Hemetério Ao Vivo”. Em 2003 veio a grande vitrine, com  diversos shows no carnaval. Hoje, a orquestra tem agenda lotada e oferece muito aprendizado, experiências e muita coisa boa para quem nela participa e, para quem a conhece.

A Agenda do Maestro para o Carnaval 2017 ainda não foi divulgada. Fique atento (a) em nosso portal, em breve iremos contar mais novidades desse artista para você.

 

Pe no Carnaval 2016-10-21 01:16:09 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Diversos artistas são responsáveis por levar encantos, histórias e diversas curiosidades sobre o Carnaval de Pernambuco. Conheça um pouco da história desses grandes  artistas de qualidade inquestionável, que fazem a alegria do folião e levam o que há de melhor na nossa cultura extremamente rica para todo o mundo. Personalidades ilustres que enaltecem a cultura pernambucana com sua musicalidade, irreverencia e tudo que há de mais lindo: O Amor pelo Carnaval de Pernambuco.

Antônio Nóbrega

Antúlio Madureira

Capiba

Carnéra

Claudionor Germano

Clóvis Pereira

Edgard Moraes

Edson Rodrigues

Getúlio Cavalcanti

José Michiles

Lourival Oliveira

Nelson Ferreira

Severino Araújo

Pe no Carnaval 2016-10-19 13:27:37 Safari Studio Safari Studio
Tags:

768 510

Uma das figuras mais conhecidas do Carnaval de Olinda, Darlan Gomes é o super Nando Reis, Ele conta que tudo começou com uma brincadeira, todos já comentavam sua semelhança com o Cantor. Um dia ele estava se divertindo em um bloco com seus amigos e viu o super-homem sair “voando” Nesse momento seus amigos lhe colocaram nos ombros e saíram indo contra a multidão, já que sua estratégia era sempre ir ao encontro da multidão, e não no fluxo, só assim os foliões abrem passagem e ele se diverte tranquilamente. A partir dai Darlan sai todos os anos de Carnaval com a mesma fantasia.

 

E você já viu essa figura por ai? Prepare-se que no Carnaval de 2017 ele vem com grandes novidades.

Pe no Carnaval 2016-10-19 09:12:43 Safari Studio Safari Studio
Tags:

768 510

Os guerreiros do Passo iniciaram suas atividades em 2005, por um grupo de discípulos do famoso passista Francisco do Nascimento Filho, conhecido como o mestre Nascimento do passo.  O grupo tem o objetivo da manutenção do trabalho herdado do mestre e da preservação de elementos coreográficos tradicionais da dança do Frevo.

 

Ainda em 2005, o grupo guerreiros do passo iniciou dando aulas em espaços públicos, focalizando principalmente em praças e ruas. A partir de suas atuações, eles tem  aparecido em diversos jornais, sites, Tv e até mesmo em trabalhos acadêmicos.

Para o Carnaval 2017, ainda não sabemos da agenda do grupo, mas já sabemos que eles irão levar muita animação onde passar. Confira tudo em Programação

Pe no Carnaval 2016-10-18 09:16:08 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Quem nunca ouviu nas ladeiras de Olinda sobre a Morena Tropicana? Ou quem nunca dançou ao som de Alceu Valença?

A música intitulada como Tropicana composta por Alceu Valença é sucesso garantido no Carnaval de Olinda, são jovens, adultos e até mesmo os idosos que cantam e dançam ao som dessa poesia em forma de música. Muitos cantam o refrão, mas precisam conhecer a composição toda, não é?

Confira a Letra:

Tropicana 
Alceu Valença

Da manga rosa quero o gosto e o sumo
Melão maduro sapoti juá
Jabuticaba teu olhar noturno
Beijo travoso de umbu-cajá
Pela macia ai carne de caju
Saliva doce doce mel mel de uruçu
Linda morena fruta de vez temporana
Caldo de cana-caiana
Vem te desfrutar

Linda morena fruta de vez temporana
Caldo de cana-caiana
Vou me desfrutar

Morena tropicana
Eu quero teu sabor
Ai! Ai! Ioiô! Ioiô!

Alceu valença é um dos ícones do Carnaval de Pernambuco, para o Carnaval 2017 ele traz grandes novidades, Alceu será um dos homenageados do Galo da Madrugada 2017. Leia mais AQUI. 

Pe no Carnaval 2016-10-18 09:06:52 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Pernambuco é conhecido como Leão do Norte pela força e coragem dos seus moradores e também por sua história de lutas libertárias como a Batalha dos Guararapes, as revoluções dos Mascates, Praieira e de 1817, além da Confederação do Equador, e mais, recentemente, na redemocratização do país. A origem vem do brasão das armas do donatário Duarte Coelho Pereira, no século XVI, no qual figurava em sua heráldica a estampa altiva de um leão.

A música “Leão do Norte” escrita por Paulo César Pinheiro e Lenine fala das manifestações culturais mais autênticas que pulsam no coração da região, onde nasceu o compositor Lenine.
No decorrer da letra da música encontramos grandes nomes como: Mestre Vitalino, João Cabral de Melo Neto, Ariano Suassuna, Frei Caneca entre outros.

E claro, no Carnaval sempre é tocada com muita emoção pelos Recifenses.

Confira a letra:
Leão do Norte
Lenine

Sou o coração do folclore nordestino
Eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá
Sou o boneco do Mestre Vitalino
Dançando uma ciranda em Itamaracá
Eu sou um verso de Carlos Pena Filho
Num frevo de Capiba
Ao som da orquestra armorial
Sou Capibaribe
Num livro de João Cabral
Sou mamulengo de São Bento do Una
Vindo no baque solto de Maracatu
Eu sou um auto de Ariano Suassuna
No meio da Feira de Caruaru
Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta
Levando a flor da lira
Pra Nova Jerusalém
Sou Luis Gonzaga
E eu sou mangue também

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte
Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte

Sou Macambira de Joaquim Cardoso
Banda de Pife no meio do Canavial
Na noite dos tambores silenciosos
Sou a calunga revelando o Carnaval
Sou a folia que desce lá de Olinda
O homem da meia-noite puxando esse cordão
Sou jangadeiro na festa de Jaboatão
Eu sou mameluco…

Pe no Carnaval 2016-10-18 09:00:27 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Quem nunca ouviu nas ladeiras a tradicional música Oh bela? Se não ouviu tem problema não! Ensinaremos a Letra para você não deixar de cantar no Carnaval de 2017

Oh! Bela
Capiba

Você diz que ela é bela
Ela é bela sim senhor
Porém poderia ser mais bela
Se ela tivesse o meu amor
Meu amor

Bela é toda natureza
Oh! Bela
Bela é tudo que é Belo
Oh! Bela
O sorriso da criança
O perfume de uma Rosa
O que fica na lembrança
Belo é ver o passarinho
Oh! Bela
Indo em busca do ninho
Oh! Bela
Todo mundo se amando
Com amor e com carinho
Uns sorrindo outros chorando de amor

Conheça sobre o Mestre Capiba

Pe no Carnaval 2016-09-30 12:31:07 Safari Studio Safari Studio
Tags:

A lenda da percussão brasileira, Naná Vasconcelos, nasceu no Recife em 2 de agosto de 1944. Teve seu primeiro contato com instrumentos de percussão aos 7/8 anos, quando foi admitido pelo próprio pai para tocar bongô e maracas em um conjuto do Recife. Além da habilidade com os tambores, também era referência pela habilidade em tocar berimbau. Aos 12 anos, Naná já se apresentava com seu pai numa numa banda marcial em bares e participava de grupos de maracatu locais.

 

 

Nos anos 1960, chegou a acompanhar Gilberto Gil e Gal Costa em shows em diversos shows. Mas a sua carreira tomou novos rumos quando viajou para o Rio de Janeiro, conhecendo Maurício Mendonça, Nélson Angelo, Joyce e Milton Nascimento, com quem gravou dois LPs. Em 1967 mudou-se para o Rio de Janeiro onde gravou dois LPs com Milton Nascimento.
No ano posterior, viajou para São Paulo, junto com Geraldo Azevedo, para participar do Quarteto Livre, que acompanhou Geraldo Vandré no III Festival Internacional da Canção.

 

No início de 1970, ele formou o trio do Bagaço, composto por Maurício Maestro e Nélson Angelo, apresentando-se , com o grupo, no méxico a convite de Luiz Eca. Nesta mesma semana da época, Gato Barbierim, um grande saxofonista argentino, convidou Naná para fazer parte do seu grupo, ajudando o percussionista a ganhar projeção internacional, começando uma longa carreira fora do seu país e origem. Com o músico argentino, ele se apresentou em Nova York e Europa, com destaque para o festival de Montreaux, na Suíça, onde o percussionista encantou público e crítica.

Foto: Acervo Pe no Carnaval. Naná Vasconcelos
Foto: Acervo Pe no Carnaval. Naná Vasconcelos

Sua discografia é extremamente extensa quanto aos seus projetos ligados à música nas quais ele esteve envolvido. Atuando como percussionista, Naná fez história ao lado de diversos artistas internacionais como Egberto Gismonti, Pat Metheny, Evelyn Glennie, Jan Garbarek B. B. King, Jean-Luc Ponty, David Byrne e Jon Hassell.

 

No ano de 2013, o mestre da percussão, fez a trilha sonora da animação “O menino e o mundo”, que concorreu ao Oscar de melhor filme de animação. Além de “O Menino e o Mundo”, esteve em trilhas sonoras de filmes internacionais, como “Procura-se Susan Desesperadamente”, estrelado por Madonna, e “Down By Law”, do cineasta Jim Jarmusch. Já em 2015, Naná lançou um projeto com o cantor Zeca Baleiro e Paulo Lepetit chamado “Projeto Café no Bule”.
Em 2015, no dia 9 de dezembro, Naná recebeu o o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), sem nunca ter cursado nível superior. Esta honraria é concedida a pessoas que tenham se destacado em meios como artes, filosofia ou ciência.
Com uma ligação forte com a cultura popular, nos seus últimos 15 anos de vida, Naná abriu o Carnaval do Recife, acompanhado , regendo uma espécie de procissão com centenas de batuqueiros de diferentes nações de maracatu.

Créditos: Weligton Silva. Naná Vasconcelos na abertura de Carnaval 2016
Créditos: Weligton Silva. Naná Vasconcelos na abertura de Carnaval 2016

Em julho de 2015, tivemos a noticia de que  Naná estava com um câncer de pulmão. Após o diagnóstico, Naná iniciou o seu tratamento e manteve-se em atividade.  No dia 29 de fevereiro de 2016, um dia depois de sentir-se mal após uma apresentação realizada em Salvador, Naná foi internado.

 

Na manhã do dia 9 de março de 2016,  tivemos a triste noticia que Naná Vasconcelos veio a falecer, aos 71 anos de idade, após uma parada respiratória em decorrência de complicações da doença.

Pe no Carnaval 2016-09-12 09:10:26 Safari Studio Safari Studio
Tags:

Aquela  Morena Tropicana que sempre é tocada nas ladeiras de Olinda, vai ganhar um espaço na telinha. O nosso querido Alceu Valença, que estreou como diretor de cinema em 2014 lançando o filme “A luneta do tempo” , passou a entrar no mundo do cinema e assinar roteiros de TV. Alceu e Alexandre Moretzsohn irão criar série inspirada nas musas de suas músicas , como Belle du jou e Morena Tropicana. Ainda não sabemos a data da estreia, mas as filmagens estão previstas para acontecer em Abril, no Rio de Janeiro e em Olinda.

Confira mais sobre a Morena Tropicana

Pe no Carnaval 2016-02-22 13:49:35 Safari Studio Safari Studio
Tags: