Artistas do nosso Carnaval

Conheça um pouco da história desses artistas de qualidade inquestionável. Personalidades ilustres que enaltecem a cultura pernambucana com sua musicalidade, mundo afora.

Silvério Pessoa

Pernambuco
Silvério Pessoa
Créditos: PE no Carnaval

Chegou ao mundo com a doçura do cheiro dos canaviais de Carpina, Zona da Mata Norte de Pernambuco

De 1994 a 2000, um mergulho profundo no movimento Manguebeat, em seu auge. Com a banda Cascabulho, Silvério Pessoa gravou o CD Fome dá dor de Cabeça, revisitando a obra do paraibano Jackson do Pandeiro.

Dedicando-se aos vocais, começou a se aproximar da forma rítimica e sincopada do mestre, com quem multiplicaria os encontros mais à frente.

Nascido e criado no meio do povo, fez de seus trabalhos uma referência à linguagem, aos modos e costumes da gente pernambucana, seja da Mata Norte, Agreste ou Sertão. Mas é a alma nordestina quem lhe norteia. E inspirações não lhe faltam nunca pra misturar ciranda com baião, forró com maracatu, com referências e reverências a grandes artistas, como o alagoano Jacinto Silva e o seu coco de roda.

Mas quem esperar de Silvério um som ultrapassado, esqueça. É essencialmente contemporâneo. Ele dialoga com rock, pop, punk e intervenções eletrônicas. Um verdadeiro sincretismo musical de tudo o que ele vê e ouve por aí, acompanhando os 8 discos gravados desde o início da carreira solo.

Um voo nada solitário pelo planeta música.