Artistas do nosso Carnaval

Conheça um pouco da história desses artistas de qualidade inquestionável. Personalidades ilustres que enaltecem a cultura pernambucana com sua musicalidade, mundo afora.

Claudionor Germano

Pernambuco
Claudionor Germano
Créditos: PE no Carnaval

cantor é conhecido por ser o defensor do frevo

Claudionor Germano já lançou mais de 30 discos na carreira. Sua carreira artística começou em 1947, na Rádio Clube Pernambuco, mas também teve experiências na rádio Tamandaré e Rádio Jornal do Commercio. Fazendo parte do grupo Ases do Ritmo, ganhou junto com os integrantes o melhor grupo vocal de Pernambuco.

Gravou samba, como o "Eu não posso viver sem mulher", de Victor Simom e David Raw e a marcha "Vai ser pra mim", de José Roy, Vladimir de Melo e Orlando Monello. Porém seu maior amor é pelo frevo. O cantor é conhecido por ser o defensor do frevo. O amor pelo ritmo fez com que Claudionor gravasse mais de 132 canções de Capiba.

A paixão e seu amor pelo frevo, em especial o frevo canção, fez o músico criar o projeto "Alegres Bandos", que promove encontros dos blocos líricos antes do carnaval.

Em 2000 produziu e lançou três CDs, com o título geral de Pernambuco, nome original do Estado de Pernambuco. Um dedicado ao frevo canção, outro ao frevo de bloco e o terceiro ao maracatu e caboclinho. Estão presentes, entre outras composições, "Pimenta no pé", de Fred Monteiro, "Saudades do Recife", de Arlete Santos e "A dor de uma saudade", de Edgar Ferreira, além de um pout-pourri de Capiba. O lançamento marcou uma reviravolta e uma renovação na carreira do artista.