Artistas do nosso Carnaval

Conheça um pouco da história desses artistas de qualidade inquestionável. Personalidades ilustres que enaltecem a cultura pernambucana com sua musicalidade, mundo afora.

Edson Rodrigues

Pernambuco
Edson Rodrigues
Créditos: Divulgação

Criou muitos frevos de sucesso

Edson Rodrigues nasceu em Campo Grande, Zona Norte do Recife, em 29 de março de 1942. Seu primeiro contato com a música foi nos braços da sua mãe, ouvindo um samba de Noel, mas foi na Matriz de Nossa Senhora do Carmo, cantando na Schola Cantorum (coral de meninos) onde sentiu que devia estudar música.

Seu primeiro instrumento musical foi a requinta, espécie de clarineta. Com ela fez o seu primeiro carnaval, com Mestre João Santiago, em 1957, nas ruas de Olinda. Precisando ganhar dinheiro virou saxofonista. Em 1958, por meio de concurso, entrou na Banda Municipal do Recife, tocando requinta.

Em 1975 concluiu o curso de Jornalismo na UNICAP e no ano seguinte Leonardo Dantas Silva convidou-me para assessorá-lo no Departamento de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura do Estado. Foi campeão com o seu primeiro frevo-de-rua (Duas Épocas), no concurso da Prefeitura do Recife, em 1966.

O ano de 1975 venceu o concurso de músicas carnavalescas da Prefeitura. É professor de saxofone e matéria teórica no Conservatório Pernambucano de Música e atua nas noites do Recife, na Contrabanda, tocando jazz, MPB e também ritmos pernambucanas. Foi também músico-fundador da Banda Municipal do Recife, arranjador e regente da mesma entre os anos de 1979 a 1983.