Artistas do nosso Carnaval

Conheça um pouco da história desses artistas de qualidade inquestionável. Personalidades ilustres que enaltecem a cultura pernambucana com sua musicalidade, mundo afora.

Maestro Nunes

Pernambuco
Maestro Nunes
Créditos: nordeste.com

Considerado Patrimônio Vivo de Pernambuco

O Maestro Nunes, nasceu em 22 de junho de 1931, em Vicência, na Zona da Mata de Pernambuco. Teve uma infancia humilde e desde os nove anos tocava em bandas de cidades do interior de pernambuco.

No ano de 1950 veio para Recife, e na capital integrou diversas bandas, dentre elas Banda Manoel Óleo, União Operária da Macaxeira e Banda do Liceu de Artes e Ofícios. Também foi integrante da Banda do Cassino Americano e da Banda da Cidade do Recife.

Foi classificado em primeiro lugar como clarinetista e participou do MCP (Movimento de Cultura Popular). No final do ano de 1960 se graduou em Música pela Universidade Federal de Pernambuco e em Regência pela Faculdade de Filosofia do Recife.

Teve seu valor reconhecido em vários festivais e concursos de música, como o Lêda Carvalho, Frevança, Sistema Globo de Rádio e Recifrevo. Em 2007, ano do centenário do Frevo, o Maestro foi homenageado no Carnaval do Recife.

A sua escola de jovens formou e agregou músicos hoje reconhecidos como o saxofonista Spok e o trompetista Forró. Em 2009, recebeu o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco.