Artistas do nosso Carnaval

Conheça um pouco da história desses artistas de qualidade inquestionável. Personalidades ilustres que enaltecem a cultura pernambucana com sua musicalidade, mundo afora.

Capiba

Pernambuco
Capiba
Créditos: Divulgação

Conheça um pouco sobre Lourenço da Fonseca Barbosa, Capiba.

Lourenço da Fonseca Barbosa, o famoso Capiba, nasceu em Surubim, no ano de 1904.

Capiba, desde cedo, teve a música presente na sua vida. Filho de um mestre de banda, trabalhou como pianista e criou suas primeiras composições ainda jovem.

Em 1930 conseguiu um emprego no Banco do Brasil e foi para Recife, onde consolidou-se como autor, ao vencer um certame de música carnavalesca, com o frevo-canção 'É de amargar'.

Seu primeiro grande sucesso nacional foi a canção ''Maria Betânia'', gravada por Nelson Gonçalves, em 1945.

Nos anos 60 compôs em parceria com Vinicius de Moraes (musicou o "Soneto da Felicidade") e com Carlos Pena Filho compôs a melodia que seria uma de suas mais famosas, o samba "A Mesma Rosa Amarela". Depois de se aposentar, resolveu participar dos festivais de música. No II Festival Internacional da Canção, em 1967, obteve o 5º lugar com "São os do Norte que Vêm" (com Ariano Suassuna), defendida por Claudionor Germano, o maior intérprete dos seus frevos. No ano seguinte, concorreu no mesmo festival com "A Cantiga de Jesuíno" (também com Suassuna) e "Por Causa de um Amor".

Vários discos foram lançados e eventos foram promovidos em homenagem a Capiba e à sua música. Um livro ("Capiba, É Frevo, Meu Bem") foi lançado em 1986.

Capiba escreveu mais de 200 canções, em sua maioria de frevo, mas também de samba e música erudita.

Várias delas são sempre tocadas e lembradas no carnaval de Pernambuco.

Capiba é uma das mais brilhantes personalidades do carnaval e da musicalidade pernambucana.